quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Maya Gabeira - Inspiração no balanço do mar

Maya Gabeira no México. Foto: @Camila Neves

Caetano Veloso não escreveu "A Novidade" pensando em Maya Gabeira.

Ela nem tinha nascido.

Mas, tudo leva a crer que ele se inspirou no que estava por vir.

A Novidade

A novidade veio dar à praia
Na qualidade rara de sereia
Metade o busto
D\'uma deusa Maia
Metade um grande
Rabo de baleia...

A novidade era o máximo
Do paradoxo
Estendido na areia
Alguns a desejar
Seus beijos de deusa
Outros a desejar
Seu rabo prá ceia..

Oh! Mundo tão desigual
Tudo é tão desigual
De um lado esse carnaval
De outro a fome total

E a novidade que seria um sonho
O milagre risonho da sereia
Virava um pesadelo tão medonho
Ali naquela praia
Ali na areia...

A novidade era a guerra
Entre o feliz poeta
E o esfomeado
Estraçalhando
Uma sereia bonita
Despedaçando o sonho
Prá cada lado....

Oh! Mundo tão desigual
Tudo é tão desigual
De um lado esse carnaval
De outro a fome total


Nenhum comentário:

Postar um comentário