quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Waves for Freedom - Mulheres no Irã do surf

Easkey Britton é a primeira mulher a surfar no Irã. Projeto Waves for Freedom busca incluir as mulheres no esporte



O Irã é um país de desigualdades sociais e as principais vítimas das diferenças são as mulheres.
Isso não impediu a francesa Marion Poizeau de iniciar um projeto social com o auxílio da surfista irlandesa Easkey Britton.

As duas foram até Shaban, aldeia iraniana em Balochistan, região das mais perigosas do mundo, localizada na fronteira entre Afeganistão e Paquistão.

Marion e Easkey convenceram as mulheres locais a experimentar o surf. Agora, cerca de 20 crianças entre meninas e meninos surfam diariamente nas ondas de Shaban.

O maior desafio para as mulheres é encontrar um vestuário que venha a substituir o Hijab (vestuário tradicional que cobre o corpo).

“Surfar com um hijab é terrível e até perigoso”, comenta Marion.

Marion criou uma associação chamada Waves For Freedom com o objetivo de transformar o surf em um meio de emancipação feminina global. O documentário Waves For Freedom participa do London Surf Film Festival, que começa nesta quinta-feira na Inglaterra.

Fonte Almasurf


Nenhum comentário:

Postar um comentário